quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Homenagem ao Sol


Veja o brilhar do Sol
Tão indiferente àqueles que faz viver
Existe simplesmente
Simplicidade que transcende
Além do malabarismo intelectual
Ultrapassando qualquer teoria

Sinta o brilhar do Sol
Tão conectado àqueles que faz viver
Morra com seu excesso
Paralelo ao terror católico
Morra com sua escassez
Similar à alucinação nórdica
Não cometa a heresia de culpá-lo
Pelo inferno que se fez em você

Contemple o brilhar do Sol
Tão uno àqueles compreensivos na alma
Belo dia e feixes de luz transpondo folhas
Adentrando cômodos com auxílio do vento
Suave, aconchegante, como um leve ar
Tão diferente àqueles que sabem

27 comentários:

Tadeu disse...

eu como sou pagão e tenho o sol como um deus, axei bem bacana

Robson disse...

legal legal

huaaaaa

registrando uma visitinha

http://pensooque.blogspot.com/

30 e poucos anos. disse...

Que lindíssimo texto ... o sol é q renovador de energias

Renan Sparrow disse...

O sol é tão belo que tenta nos destruir a cada instante.
E pelo o amor que temos a ele, destruimos nossa unica proteção para ele poder nos atingir

;)

www.renansparrow.blogspot.com

Verdelone disse...

Registrando a visita...
Muito bom o texto
Abçs
www.ciadosbotecos.blogspot.com

Marcus disse...

o sol para noisé tudo, sem ele não vivemos. Puta sol que ta aqui, e eu trabalhando, podia estar na praia agora! kkk

Fernando Gomes disse...

Também considero o sol como uma forma divina.

"Não cometa a heresia de culpá-lo
Pelo inferno que se fez em você"

Só essa parte dari um ótimo texto.
PRa mim foi inspirador.

Hannah ;* disse...

Muito bom, você escreve muito bem, parabeens!

;*

Vinicius disse...

Amei! adorei a foto tbm! Combinação perfeita!

Andrei Vinicius Morais disse...

O sol me alegra...Mas tem vezes que eu rezo pra dias deprimentes quando ele está escondido...MEDO ;S

Bom texto ;)

Gaia disse...

Sol, nos toca a cada amanhecer, nos alegra a cada alvorecer, nos encanta a cada poente!
Testemunha do nascer, do brotar e germinar.

:)

Werneck disse...

muito legal. Gosto do Sol, mas esses dias tá de mais, calor infernal.

Renata Bertolini e Eduardo Bertoni disse...

Texto tão pacífico no começo, mostrou até uma revolta com o calor nos outros parágrafos. O Sol é tão agradável, mas pode nos fazer mal!!

Bruno Silva disse...

adoravel texto, achei muito interessante, ta de parabéns ^^

passa lá e me segue?!:
http://aprinceinwonderland.blogspot.com/

Obrigadoo

Fernando disse...

o sol realmente é fantástico, adoro acordar e me deparar com o brilho dele na minha janela, me da inspiração para continuar meus hobbies, e de fato, bonito texto o seu, nunca tinha parado para refletir sobre o sol antes ahahaha

_______________
visite-me!
http://cafecombatata.blogspot.com/

Déa disse...

Nossa...Mtu lindo!! Gostei, viu! Parabéns!!!
Bjokas!!

David Aragon disse...

Afora alguns clichês, o poema é promissor, parabéns poeta.

CHINFRAS e TALS

Anelise disse...

Como dizem, algumas coisas não são boas em grandes quantidades, nem o Sol ;)


Lindo!

henrique menna disse...

Você tem propaganda no seu blog, se tiver vamos fazer uma coisa, eu entro nos seu anuncio e você entra nos meus, você aceita? Vamos ganhar uns trocos

Não-sei disse...

bem interessante. valeu a homenagem, uma boa escolha!

Fábio Flora disse...

"No amarelo um sorriso/ Pra iluminar feito o sol tem o seu lugar/ Brilha dentro da gente" ("Arco-íris", Xuxa).

Abraços e sucesso com o blog!

Lilian Negrini disse...

só quem sentiu pode escrever. eu ja senti... adorei

Sopa disse...

ótimo poema sobre o sol

usar elementos naturais sempre dá uma boa poesia
meus parabéns

também escrevo poesias :]

Tobias de Melo" disse...

'Morra com seu excesso
Paralelo ao terror católico'

* boiéi ... o que tem a ver? *

Certa vez um sábio Arcebispo em uma de suas mensagens num programa de rádio, nos aconselhou contemplarmos a graça divina, não nas igrejas, não nos milagres, nos aconselhou a no meio da semana, ao menos uma vezinha no mês, acordarmos de madrugada,
para contemplar o belo nascer de mais um dia, e belo triúnfo da luz sobre a escuridão, o tudo de belo que o sol pode nos dar.


Mas pena, conseguimos fazer com que ele possa nos matar.

Abrimos um buraco onde antes seu poder de matar era filtrado, e agora todo o mundo pode pagar, por anos sem lembrar, que somos um com o mundo e não é apenas o nosso lugar.

O Sol, o Céu ... tudo vai ficar,mas sem mudar, nós iremos passar.

;)

Diego Janjão disse...

E devemos mesmo comtemplar este nosso grabde astro da vida!

nossa luz que não precisa ser paga!

Cacá :D disse...

Foi vc qe escreveeeu?? :O
Cara, muuito bom *-*
beeijos
http://vidaemrabiscos.blogspot.com/

Mademoiselle disse...

Mtoo bom! Me fez pensar mto em como nós agimos, sempre esperando algo em troca não apenas "brilhando". Parabéns.
Fica na paz.