segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Oração ao Sol



Grande espírito,
Cujo voz ouço nos ventos
E cujo alento da vida  a todo mundo, ouça-me!
Sou pequeno e fraco,
Necessito de sua força e sabedoria.
Deixa-me andar em beleza
E faça com que meus olhos possam sempre
contemplar o vermelho e o púrpura do pôr-do-sol.
Faz com que minhas mãos respeitem tudo o que fizeste
E que meus ouvidos sejam aguçados para ouvir a tua voz.
Faz-me sábio para que eu possa compreender
as coisas que ensinaste ao meu povo.
Deixa-me aprender as lições que
escondeste em cada folha, em cada rocha.
Busco força não para ser maior que meu irmão
mas para lutar contra meu maior inimigo - eu mesmo.
Faz-me sempre pronto para chegar a ti com as mãos limpas e o olhar firme,
a fim de que, quando a vida apagar, como se apaga o poente, 
Meu espírito possa estar contigo sem se envergonhar.


Povo Tupinambá - Séc. XVI

8 comentários:

ʍαяiαททα disse...

mto linda!
=)

Lucas disse...

Uma postagem tocante.
Parabéns pelo pot e pela escolha.
Abraço

I'm Lomah disse...

Lindoo! *---*
BjoBjo

Ação e Arte e Único uma criação de Allan Ruy disse...

legal!!!! Não sabia desse tipo de oração dos indios interressante.
visite: http://acaoeartehqs.blogspot.com/

Macaco Pipi disse...

BELO!
SENTI O CALOR DA ALMA!

Carlos Augusto Matos disse...

Belissima oração...

Abração...

Picup disse...

Adoreeeeeeei o posteee *_______*


sera que poderia passar no meu, e se poder comenta? se gostar do meu blog SEGUI? se voce quiser sigo o seu tbm xD

http://picup-c.blogspot.com/

Indiana disse...

que cheiro de paz!