segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Escrevo 2

Escrevo pra passar o tempo
Escrevo por tédio, por alegria
Por inspiração, por emoção
Escrevo pra passar verdades, ou contar mentiras
Não que queira mentir
Muitas das verdades são irreais
Escrevo pra enganar os outros e pra me convencer
Pra convencer os outros
Escrevo por orgulho banal
Pra parecer inteligente
Por vontade vacilante
Porque acho bonitinho

Por vezes escrevo pra disfarçar

Eu sou assim... Escrevo pra me mostrar de besta. Porque o meu poema redime o meu lado mau
E preenche minha alma vaga
Porque a poesia torna o dia florido – quando quero, quando posso –

Só pra disfarçar
Encantar, enganar

E, sinceramente, tentar levar um pouco de luz ao mundo
E ver se ascende qualquer coisa em mim

( Thaise de Melo e Rui Felipe )

30 comentários:

Rodrigo Cavaleiro disse...

Pois então, escreva com mais frequência... Deveria também, complementar seu MSN, não de apenas bom dia ao Sol, de também à Lua, já que ela faz parte de todos os dias, seus e meus, também merece alguma ternura.

Escreva, pois o uso de exemplo, meus escritos estão perdidos, já não fazem sentido nem mesmo para mim... São as dúvidas que as situações reais trazem... E eu acho que escreveria para fugir...

Desta vez, ousaria enfrentar!

Abraço, ainda acompanhando...

Thaise de Melo disse...

O.o

ok né...

Quando li: "você fez uma parceria comigo em um poema"
pensei: Oh meu Deus, será que eu estava tão bêbada no dia e não lembro do poema.
rs
Cara, adorei! De verdade. Ficou lindo, ficou sincero e você escreveu uma realidade, pelo menos pra mim:
"Escrevo por orgulho banal
Pra parecer inteligente
Por vontade vacilante
Porque acho bonitinho"

Abraços moço.

ps: você me deixou mais perto do inferno. O ego da leonina aqui quase explodiu. Ooh vaidade. =)

Jel S. disse...

O título deveria ser 'oração do poeta', acho que ele se aplica a todos (inclusive eu).

"E preenche minha alma vaga"
é isso que me dá forças para escrever meus tortos versos.
Adorei!
__
http://planetabandonado.blogspot.com/

Maura disse...

E, sinceramente, tentar levar um pouco de luz ao mundo
E ver se ascende qualquer coisa em mim. Achei linda essa parte.

Alexandre Melo disse...

adorei o blog, mas deveria ser atualizado com mais frequencia

*** I.C *** ** The One ** disse...

Escrevemos porque temos algo a contar...
Alguma revelação, algo que não se dá pra acreditar

Escrevo porque é um dom, tenho algo a dizer
Talvez não tenho nada pra falar, mas tenho algo pra escrever...


Riminha rápida... Parabens pelo poema cara... Eu curti... Fui simples, rápido e claro... Poemas devem ser assim... Gostei mesmo

Pamella disse...

Todo poeta é inventor!
Parabéns!

Eduarda Ramos disse...

escrever é para qualquer um,
já ESCREVER é para pouco, aqueles que sabem o que dizer e passam aos leitores que têm sentimentos para mostra-los atravez de letras.

Ghosturbo disse...

Legal. O texto é interessante.
Escrever realmente é uma arte que se aprende com o tempo, mas também depende de talento.

_______
http://blogdoignorante.blogspot.com/

Blog do ignorante: Mais ignorante é quem não lê.

KyllMila_Mandhalla. disse...

Tem selos pra você no meu blog, por favor passe lá e pegue-os, Ok?
Seu blog merece!
Obrigada por tudo!

:)
www.etudoquepenso.blogspot.com

Rose Mary disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rui disse...

Não costumo escrever aqui, mas venho reclamar da pessoa que comentou e apagou. Nunca saberei o que foi escrito... muitoooo sem graça rs

Henrique disse...

Bem interessante. Para se "escrever" realmente tem que ter talento, e tempo para se aprender.

=====================================

http://blogdossub15.blogspot.com/

Blog Ten disse...

Gostey!

Praxedes de Oliveira. disse...

De algum modo o seu texto me descreve, isso é bom. Gostei.

the_champions disse...

ttp://fut-ingles.blogspot.com/
cara virei seguidor pelo orkut
vira meu ai?
queres parceria??????
responde la na Cbox
do meu blog
http://fut-ingles.blogspot.com/

Anônimo disse...

hum

Rα i sα ~ disse...

Desculpa, Rui :)
O comentário excluído foi meu... Postei com a conta errada e tal.
Mas aqui vai ele outra vez:

[o poema] preenche minha alma vaga {...}'

é quase confortável notar que ainda existem almas vagas como a minha. e é aconhegante perceber que, como eu, há quem quera preenchê-las e o faça com lirismo, rimas ricas, palavras bonitas.

um adendo:
te ler preenche o que eu não consigo sozinha!

Rα i sα ~ disse...

queira*

Maikon disse...

é isso ai lek!

Maikon disse...

a comenta la tambem po!
http://perdeulek.blogspot.com/

palavras ao vento disse...

sabendo usar as palavras elas se tornam belas,,,quando nos escrevemos passamos nossas emoções e sentimentos na escrita;;belo poema....ate...

Nando! disse...

Simples e perfeito!
Mto bom!
Gostei d+, do blog!
Tow ti seguindo!^^

FabioZen disse...

Isso,isso!Eu também produzo meus textos exatamente por isso!

TeXucoO disse...

hsauhsuahsua

Quem sabe um dia eu conte pra ele... haushau

Ahh, você escreve bastante hen!?! Não cansa não?
ahsuahsua

Beijos

Mademoiselle S disse...

adorei a paródia do Cazuza. e de certa forma, todo mundo que escreve e publica é para se mostrar. mesmo que seja de forma velada.

Brunosh disse...

acho que você escreve por que lhe é conveniente...

Fernanda Ferreira disse...

gostei mt cara, voce escreve mt bem, parabéns.
bj, http://thinkzap.blogspot.com/

Lew disse...

Quem escreve seus males espanta... opss

num é bem assim mas tbm se aplica =]

bia santos disse...

Cada um tem um motivo, mas o importante é que alguém leia e identifique-se conosco.

Houve um tempo, muito, muito distante, onde o povo não sabia ler. Somente os ricos e o clero tinham direito de ler e escrever.

Quando o povo começou a ler e escrever tudo começou a mudar...E ainda continua mudando.

Gostei muito do texto.